Últimas
quarta-feira, 23 de julho de 2014

Professor expulsa aluna à força de sala de aula em Itapipoca-CE. (Vídeo)

Um professor foi flagrado tentando expulsar uma aluna de sala de aula de forma ríspida, na escola Nossa Senhora das Mercês, em Itapipoca, a 230 km de Fortaleza. A ação foi filmada por um outro aluno, indignado com a atitude do docente, e foi acabou sendo divulgado nas redes sociais, onde recebeu diversos compartilhamentos.

O vídeo, que não mostra o motivo da exclusão da aluna, exibe uma discussão entre a jovem e o professor. Após ordenar que a aluna se retirasse de sala de aula e ser ignorado, o professor tentou arrastar a garota pelo braço, mas encontrou resistência. O vídeo acaba com uma nova tentativa do docente em arrastar a jovem pelo braço.

estudante, uma adolescente de 13 anos, estava revoltada com a atitude do professor. Segundo ela, não é a primeira vez que este tipo de situação acontece. "Já aconteceu outras vezes. Ele já fez isso com outra aluna e também já colocou o dedo na cara de uma outra aluna do primeiro ano", disse. 

Francisco Carlos de Souza, pai da estudante, também se mostrou indignado com o caso. Ele afirma que foi em busca de tomar satisfações com o professor, mas foi convencido pelos diretores da escola a não tomar medidas extremas. "Eu ia lá na escola, pois eu ainda não tinha visto o vídeo. Quando vi, fiquei sem saber o que fazer. Fui até a escola falar com o professor, mas os diretores me pediram pra deixar isso para lá", conta. 

Carlos disse que buscará na justiça a reparação pelo constrangimento sofrido pela filha. "Ontem (terça-feira) mesmo eu tomei a decisão. Falei com o advogado e vou entrar na justiça. Um professor desse não era pra estar aqui nunca. É uma escola que a gente paga direitinho todo mês, pra acontecer uma coisa dessas", desabafa. 
Professor reconhece exagero, mas nega agressão

Valdir Teixeira, o professor que aparece no vídeo, reconhece que exagerou em sua atitude, mas nega ter agredido a estudante. "Ela tem um histórico, inclusive, por parte de outros professores, de mau comportamento em sala de aula. Diante do mau comportamento dela, eu solicitei que ela saísse de sala de aula. Ela me disse que eu não sairia porque eu não tinha autonomia para retirá-la. Neste momento, eu, infelizmente, devido às circuntâncias, cometi o ato falho de tentar tirá-la da sala. Você pode ver no vídeo que, quando eu tentei e ela se recusou, eu não insisti. Continuei a dar aula por mais 25 minutos e, no final, levei o caso à direção", disse.

Valdir se diz exposto injustamente pelo vídeo e desabafa sobre a situação enfrentada pelos docentes em sala de aula. "As pessoas estão colocando a minha imagem como se tivesse havido uma agressão, mas não houve. Sei que foi um ato falho, eu reconheço e peço desculpas aos pais da aluna, mas, não concordo com a maneira como estão me condenando. Os professores, em sala de aula, sofrem situações de desrespeito e até mesmo de agressão, em alguns casos, todos os dias. Se o educador não pode tomar providências em situações como esta, que geração estamos formando? Que isso fique parareflexão.", desabafou.

Com relação ao futuro na escola, o professor disse que aguarda uma decisão da diretoria. "Trabalho há 4 anos na escola e tenho uma boa relação com todos. Tenho um nome a zelar e a direção da escola é quem vai decidir. Sou um educador e vou continuar sendo professor. Só peço que a sociedade reflita sobre a situação do professor em sala de aula", finalizou, lembrando que o uso de telefone celular em sala de aula é proibido pelas normas da escola. 

Escola diz que providências já foram tomadas

A escola não fez maiores comentários à respeito do caso, mas, segundo a coordenadora pedagógica do local, Maria Vaneida Alves, todas as providências cabíveis já foram tomadas de ambas as partes. "São episódios que denigrem a imagem do profissional. Nós, enquanto educadores, temos de pregar a coerência e o respeito ao próximo", disse, não detalhando quais foram as provdências tomadas. A docente também afirmou que uma carta aberta, falando sobre o caso em nome da escola, foi lançada à população.
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Professor expulsa aluna à força de sala de aula em Itapipoca-CE. (Vídeo) Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação