Últimas
quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Dinheiro do roubo do Banco Central usado na campanha eleitoral no Ceará

Lula Morais disse que dará o nome do candidato a deputado federal que estaria comprando votos com dinheiro roubado do Banco Central
FOTO: JOSÉ LEOMAR

O deputado estadual Lula Morais (PCdoB), ontem, no plenário da Assembleia, denunciou que candidato a deputado federal, nestas eleições, está lavando "dinheiro do Banco Central", na compra de votos, em Fortaleza e no Interior. O parlamentar fazia referência aos milhões de reais roubados do Banco Central, no Ceará, em agosto de 2005.

Lula Morais acrescentou que está à disposição do Ministério Público (MP) para dar mais detalhes do derrame de dinheiro do referido postulante. O deputado disse que indicaria o nome se fosse ouvido pelas autoridades cearenses. A manifestação do parlamentar foi em aparte ao discurso do deputado Fernando Hugo, que criticava a compra e venda de votos no Ceará.

Fernando Hugo afirmou que uma candidata à Assembleia Legislativa do Município de São Benedito, na Serra Grande, correligionária do deputado Lula Morais, está comprando "tudo quanto é voto na Ibiapaba" e "desce de ladeira abaixo comprando tudo que é de voto que encontra pela frente". O deputado não nominou a candidata, mais deixou a entender que ela foi prefeita daquela cidade.

O deputado Ely Aguiar afirmou que os presidentes de partidos também vendem as legendas e discorreu sobre situações que aconteceram em nível nacional e estadual. Sobre as falas de Lula Morais, de que estaria havendo "lavagem de dinheiro" nas eleições do Ceará, Aguiar salientou que dinheiro que foi roubado no assalto ao Banco Central, em 2005, estaria sendo usado para financiar campanha de deputado federal no Estado.

Mudanças

O deputado Fernando Hugo disse que estava envergonhado da política eleitoral atualmente no Brasil e no Ceará e ressaltou que chegou até a pensar em ser corrupto ou ter roubado, visto a falta de consciência eleitoral no Estado. "Não vou aqui culpar a ausência de fiscalização da Justiça Eleitoral. Mas o voto no Brasil e no Ceará se transformou em uma 'esculhambaria'. Nunca antes se viu uma mercantilização tão baixa como agora", disse.

O parlamentar ressaltou que, há alguns dias, Lula Morais já havia lembrado sobre a compra de votos nas eleições deste ano no Ceará e defendeu mudanças no comportamento da população para com a importância do voto. "Eu chego a pensar que o bom é roubar, porque o povo quer. Na hora da escolha eleitoral, ajuda aquele que compra. Ele continua ainda como no tempo dos coronéis, querendo chapa, chave da casa. É uma vergonha e inaceitável", criticou.

Votações

Todas as matérias do Governo que estavam na pauta de votação, desde a semana passada na Assembleia Legislativa do Ceará, foram aprovadas na sessão de ontem. A primeira delas trata da vinculação de recursos do Fundo de Participação do Estado (FPE) para fins de garantida de adimplemento das obrigações do Estado com a Parceria Público-Privada (PPP) firmada com empresas do Ceará. Outra desafeta fração de terreno de 36 mil metros quadrados para alienação através de dação em pagamento à Sociedade de Propósito Específico Ponte Estaiada (OAS) Marquise Infraestrutura S.A.

Outra matéria aprovada foi a que altera a nomenclatura da Secretaria Especial da Copa (Secopa) para Secretaria Especial de Grandes Eventos Esportivos. Ainda na sessão de ontem, foi aprovada a cessão de imóvel para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), além de projeto de Lei Complementar de Lula Morais que adiciona Paracuru, Paraipaba, Trairi e São Luis do Curu na Região Metropolitana de Fortaleza. Em sessão extraordinária, os deputados aprovaram mudança na Constituição do Ceará para tornar a Administração Fazendária mais autônoma e eficiente.

Fonte: Diário do Nordeste
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Dinheiro do roubo do Banco Central usado na campanha eleitoral no Ceará Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação