Últimas
sábado, 4 de outubro de 2014

Assessor de vereador coagindo eleitores no Ceará

Um vídeo publicado no portal do Jornal Folha de S. Paulo denuncia a ação de um homem que,  aparentemente, sugere pagamentos e coage eleitores a votar nos candidatos da coligação encabeçada pelo PT e pelo Pros no Ceará, apoiada pelo atual governador Cid Gomes (Pros).

O vídeo – de 13 minutos – se passa numa sala fechada, numa reunião com eleitores. Teria sido gravado na última terça-feira (30).

Logo no início, um homem aparece e identifica outro como Custódio.

ASSISTA NO LINK:
Em vídeo, homem 'dá aula' de compra de votos no Ceará

Ele diz que Custódio trabalha "na votação do comitê" do Camilo [Santana, candidato a governador pelo PT], do Ivo [Gomes, irmão do governador e candidato a deputado estadual pelo Pros] e do Chico Lopes [candidato a deputado federal pelo PCdoB].

Custódio é apresentado como ligado ao vereador de Fortaleza Evaldo Lima (PC do B), que é líder na Câmara Municipal do prefeito Roberto Cláudio (Pros) –também apoiado pelo governador Cid.

Em sua fala, Custódio inicia dizendo que vai "explicar como vai acontecer no dia D, no dia da eleição". Primeiro dá instruções a eleitores usarem camisas amarelas (cor do Pros, e usada pelo petista Camilo na campanha) com os adesivos dos candidatos Camilo Santana, Ivo Gomes e Chico Lopes.

Em seguida, diz já ter o número da identidade de todos os eleitores presentes na reunião e diz que isso serve para "rastrear" e saber "como cada um vai votar".

Para demonstrar a "precisão" do método, ele pede a uma eleitora que forneça o número de identidade. Custódio mostra uma lista, procura o nome dela no papel e lê em voz alta o local de votação, a zona eleitoral e a seção da eleitora.

"Mesmo quem não deu o título [de eleitor] pelo RG a gente tem como rastrear onde vocês votaram."

Ele então passa a fazer apelos misturados a pedidos em tom de intimidação. "O que a gente quer realmente é o compromisso de vocês. Isso é importante. Porque como vamos rastrear vamos saber quem votou e quem não votou."

E prossegue: "Vamos passar uma ajuda para vocês. Mais ou menos na sexta-feira ela já deve estar aqui, certo? Tenham paciência. Nas eleições anteriores, muitos de vocês já participaram, e vocês sabem que vão repassar para vocês."

Em um momento do vídeo, Custódio pede votos também para o candidato ao Senado Mauro Filho (Pros) e para a presidente Dilma Rousseff (PT)– "mas essas vocês já conhecem muito bem", diz.

A disputa para governo no Ceará está tecnicamente empatada, segundo o Datafolha. Camilo tem 37% da preferência do eleitorado, ante 39% de Eunício Oliveira (PMDB). A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais (para mais ou para menos).

Na disputa pelo Senado, Mauro Filho tem 21% contra 58% do ex-governador Tasso Jereissati (PSDB).

A campanha de Eunício Oliveira disse que irá entrar com uma representação no Ministério Público Eleitoral "para que as medidas necessárias sejam tomadas".

"Isso não pode passar impune é um caso explícito de desrespeito eleitoral", disse Gaudêncio Lucena, coordenador da campanha de Eunício.

IDENTIFICAÇÃO

A reportagem identificou um homem de nome Custódio Albano Júnior como responsável pela chefia de gabinete do vereador Evaldo Lima. Custódio disse, por telefone, desconhecer o vídeo e negou qualquer relação com as cenas exibidas.

"Não tenho nada a ver com isso. Não sei nem do que você está falando. Não estou envolvido nisso", afirmou.

Ele também negou que trabalhe na campanha de Camilo Santana. "Sou assessor do vereador Evaldo Lima e só trabalho com ele", disse.

Nas páginas nas redes sociais de Custódio Albano, contudo, é possível encontrar fotos dele participando de atividades de campanha de Camilo, como comício no comitê central e participando de panfletagens.

O comitê de Camilo Santana negou que Custódio faça parte da campanha. Após assistir o vídeo, assessores ligados ao petista preferiram não emitir nota oficial, mas disseram que ele "não é contratado da campanha e não responde por ela".

Procurado, o vereador Evaldo Lima não foi localizado.

* Com informações da Folha de S. Paulo
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Assessor de vereador coagindo eleitores no Ceará Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação