Últimas
domingo, 26 de outubro de 2014

Capitão da Polícia Militar denuncia perseguição política em Jaguaruana

Mesmo antes do dia de votação, policiais militares denunciam perseguição por atuarem no combate aos crimes eleitorais no Ceará. Em vídeo divulgado neste sábado (25), o capitão Mauro, do destacamento de Jaguaruana, declarou ter sido coagido logo após ter atendido um caso suspeito, denunciado pela população.

De acordo com o policial, durante a averiguação, uma pessoa, identificado como Quirino, chegou à delegacia levando uma lista com nomes de indivíduos para os quais ele deveria fazer “vista grossa” durante o pleito realizado neste domingo (26). Capitão Mauro se recusou a atender a orientação e, por conta disso, foi acionado pelo seu superior, coronel Soares, comandante do policiamento na Região, que chegou a ameaçá-lo de prisão caso ele não se negasse a atender as denúncias encaminhadas.

Indignado, o policial militar, que tem vinte anos de carreira e acabou sendo removido de seu destacamento, questiona a atuação da Justiça no caso.

Assista o vídeo






  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Capitão da Polícia Militar denuncia perseguição política em Jaguaruana Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação