Últimas
quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Radialista é agredido e sofre ameaças de morte em Pedra Branca

Edilton Ferreira, que há dez anos está presente na programação diária da Rádio AM Trapiá, transmitida para o município cearense de Pedra Branca e região, teve que chamar a polícia quando chegou ao trabalho nesta segunda-feira (06), após ser agredido e ameaçado de morte por Moisés Mendes. O agressor é filho do diretor da emissora, o ex-prefeito Antônio Góis.

Segundo a denúncia, que foi tornada pública pela vítima, a violência, física e verbal, teria como causa o seu posicionamento nas eleições do último domingo (05), já que ele foi contrário ao grupo político que comanda a rádio local.

Por conta da divergência, o radialista relata que foi perseguido por Moisés Mendes, que chegou a invadir sua casa para reafirmar as ameaças.

Mesmo temendo por sua integridade, Edilton diz que encaminhou o caso à polícia, juntamente com as provas do assédio que vem sofrendo.

A produção do Ceará News 7 tentou entrar em contato por telefone com a direção da Rádio AM Trapiá e com o ex-prefeito Antônio Góis, mas ninguém atendeu às ligações.

Leia a nota que Edilton Ferreira publicou em seu perfil pessoal no Facebook.

NOTA DE ESCLARECIMENTO AOS AMIGOS DE PEDRA BRANCA.

Meus amigos Pedrabranquences é com muita tristeza que venho aqui expressar a minha indignação pelo fato ocorrido com a minha pessoa, e ao mesmo tempo tornar publico, pra que todos tomem conhecimento e saibam o que realmente está acontecendo.
Durante uma década da minha vida, exatamente 10 anos dediquei a minha vida e meus serviços profissionais, doei-me literalmente inclusive sofri duas tentativas de homicídio por sempre defender a um grupo político de Pedra Branca, na qual tenho muito respeito e admiração pelo trabalho prestado ao povo de Pedra Branca.

Durante a campanha que se encerrou ontem dia 05 de outubro 2014, e entendendo que o voto é livre tomei uma decisão em trabalhar e votar em outros candidatos que não era os candidatos desse grupo político.

Sofri durante toda a campanha pressões e ameaças, e hoje segunda feira dia 6 de outubro ás 7 horas ao chegar da emissora AM TRAPIÁ para trabalhar, sofri agressões moral e físicas além de claramente ser ameaçado de morte Pelo filho do ex-prefeito Antônio Góis, Moisés Mendes, mais as ameaças não pararam e agressão não parou a minha casa e o meu estabelecimento comercial foi invadido pelo mesmo MOISÉS MENDES, além disso recebi ligações ameaçadoras e comprometedoras, a policia foi acionada e vou agir dentro da lei.

Quem acompanha o meu trabalho sabe que nós últimos dias tenho falado de paz, e convidado o povo de Pedra Branca á não aceitar truculência arrogância de quem quer que seja.

Encerro dizendo que a minha integridade física está ameaçada tenho inclusive provas que serão entregues a justiça e a imprensa.

Peço humildemente as orações de todos e tenho certeza que Deus estará no controle de tudo.

José Edilton Ferreira de Sousa.
Radialista.




Deixe seu comentário
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Radialista é agredido e sofre ameaças de morte em Pedra Branca Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação