Últimas
sábado, 27 de dezembro de 2014

Ceará tem 32 localidades em situação de alerta para 2015

São 20 locais cujas reservas já estão em situação crítica, enquanto outras 12 correm risco de colapso no próximo ano. Região Metropolitana de Fortaleza não deve sofrer com desabastecimento, mas orientação é poupar água

Abastecimento por carros-pipa continua sendo uma das principais
 medidas projetadas para enfrentar a estiagem no próximo ano
Com previsão de chuvas abaixo da média para 2015, estimada pela Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), providências emergenciais para convivência com a estiagem começam a ser projetadas pelo Governo do Estado. A ideia, de acordo com o titular da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), Nelson Martins, é ampliar a oferta de medidas já existentes, como perfuração de poços, construção de cisternas e adutoras e abastecimento direto às comunidades por meio de carros-pipa.

Levantamento apresentado na manhã de ontem, na última reunião do ano do Comitê Integrado da Seca no Ceará, indica que 20 localidades do Estado abastecidas por mananciais estão com suas reservas em situação crítica, enquanto outras 12 correm risco de colapso no próximo ano. Entre as situações mais crônicas, estão os sertões de Crateús, Canindé e São Luís do Curu, avalia Nelson Martins.
Para a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), Gianni Peixoto, coordenador de Abastecimento Hídrico da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), acredita que não há problema, porque a área é abastecida, em grande parte, pelo Castanhão. Relatório disponibilizado no Portal Hidrológico do Ceará aponta que, hoje, o Castanhão conta com 26,75% da sua capacidade total de abastecimento. Em todo o Ceará, de 149 açudes monitorados, 120 estão com volume abaixo de 30%.
Racionamento
Como medida preventiva para o período de estiagem, Nelson Martins, reforça a relevância da participação popular no que diz respeito à conscientização do uso da água. Bruno Rebouças, técnico da Cogerh, é direto: “Não tem milagre. Nós vivemos numa região semi-árida, então temos que trabalhar para garantir o abastecimento. A população tem que ajudar e reduzir o consumo”.
Reforço
Além das medidas emergenciais, o titular da SDA avalia a necessidade de reivindicar aos governos estadual e federal a prorrogação do programa Garantia Safra até o fim da seca. “Hoje, nós estamos pagando a garantia para 187 mil agricultores do Ceará”. Para 2015, garante Nelson Martins, já foi feito o cadastro de 350 mil. O objetivo do programa é assegurar renda mínima aos agricultores que convivem com a estiagem. 
Em valores arredondados, o Ceará conta, atualmente, com 1.200 carros-pipa e 200 mil cisternas, calcula Martins. O estado dispõe ainda de 647 quilômetros de Adutoras de Montagem Rápida (AMR), que atendem a uma média de um milhão de pessoas, conforme dados da SRH. Entidades como o Exército Brasileiro, a Defesa Civil, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e a Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) colaboram na execução das medidas emergenciais.
Segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), em 2014, até a última sexta-feira, 560 poços foram perfurados pela Sohidra, enquanto que a Cagece providenciou 51.
Fonte: O Povo 
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Ceará tem 32 localidades em situação de alerta para 2015 Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação