Últimas
quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

MP denuncia Magrão por peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

O Ministério Público denunciou o empresário Fabrício Viana (Magrão), o dono de uma produtora de eventos Carlos Alberto Pereira de Souza (Carrim)e a filha, Kércia, que também tem uma produtora, e o ex-secretário de Cultura de Sobral, Antônio Carlos Campelo Costa, por peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. 

A Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) está decidida a reaver o prejuízo aos cofres públicos de Sobral e já pediu a prisão de todos os envolvidos. O grupo está envolvido em um esquema de fraude de licitações pra realizações de eventos em Sobral. No total, os contratos assinados entre 2012 e 2013 movimentaram cerca de R4 2,9 milhões.


A Polícia Civil apurou que, da verba cedida à empresa de Carrim, cerca de R$ 350 mil foram depositados na conta de Magrão. No período entre 2012 e 2013, quando os contratos investigados foram assinados, Campelo estava à frente da Secretaria de Cultura e Turismo. As acusações agora seguem para a Justiça, onde serão acatadas ou não.
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: MP denuncia Magrão por peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação