Últimas
terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Pit bull que foi queimado vivo se torna símbolo da luta contra a crueldade e a discriminação, isso prova que o amor conquista tudo

.Durante meses, Louis foi paciente no Golden Animal Hospital em Montgomery. A agressão o deixou com queimaduras em mais de 70 por cento de seu corpo, e ele passou por 33 cirurgias. Mas Louis conquistou a todos e passou a ser o favorito da equipe de veterinários, que começaram a trabalhar horas extras apenas para passar mais tempo com ele.Uma amante e protetora de animais da região, Dee Hartley, ouviu sobre Louis pela primeira vez enquanto ele estava se recuperando no hospital. Depois de ver sua história nos noticiários e ouvir sobre ele através de seus amigos em um abrigo da região, ela disse ao marido que não conseguia parar de pensar em Louis.Eu disse a ele: 'Eu realmente quero encontrar e conhecer esse cão'", disse Hartley ao The Dodo. "Há algo sobre ele que está realmente tocando meu coração." Mas William insistiu que eles já tinham uma casa cheia de cães que também foram resgatados, e que não precisavam de mais um cachorro 
Sem dizer a William, Dee foi visitar Louis no hospital. Ela sentiu uma conexão imediata com Louis. "Ele apenas se encontrava em uma terrível condição, terrível", disse Hartley. "Eu passei cerca de uma hora com ele/”Quando Hartley chegou em casa após ter conhecido Louis, ela estava "nas nuvens". Ela só tinha que contar ao marido sobre ele. O que ela não sabia era que William também tinha ido visitar Louis em segredo. Ambos estavam encantados e apaixonados pelo doce pit bull doce. Os Hartley começaram a visitar Louis todos os dias em suas pausas para o almoço, trazendo-lhe guloseimas e ajudando-o a abrir os inúmeros presentes que chegavam enviados por pessoas de todo o país.

Louis não podia ser Adotado oficialmente até que o julgamento do seu agressor fosse concluído, mas os Hartley tornaram-se sua família temporária quando ele finalmente deixou o hospital. Ele já era parte da família em seus corações.
Em janeiro de 2009, o agressor de Louis, Juan Daniels, foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por crueldade animal, estabelecendo um novo recorde estadual de sentença para um caso de abuso a animais.Os Hartley finalmente puderam adotar Louis, e tornar a adoção oficial, foi um momento realizado com muita felicidade por eles, o doce Louis também assinou os documentos com o carimbo de sua pata. Embora ele ainda carregue as cicatrizes de seu sofrimento, Louis agora é uma inspiração para todos que o encontram"Ele é maravilhoso, e nós somos muito abençoados por podermos aproveitar o seu caso para ajudar abrigos e resgatadores trazerem isso a tona”, disse Hartley ao The Dodo, explicando que o caso de Louis prova que cães resgatados de situações de muito sofrimento, não são casos perdidos, não importa o grau de sequelas de seu passado. Com amor, dedicação e tratamento, pode haver uma recuperação.  Neste outono, Louis comemorou seu aniversário de 13 anos, um grande marco para um cão que esteve tão perto da morte há oito anos. Para celebrar a vida de Louis, o Hartleys decidiram fazer uma grande festa de aniversário e com todos as arrecadações destinadas a Humane Society no condado de Elmore.Neste inverno, Louis terá a honra de ser o garoto propaganda da campanha "Eu não sou um monstro", que ajuda a conscientização sobre pit bulls e a discriminação sofrida por eles. A grande festa de aniversário também foi uma oportunidade para angariar fundos para a sua unidade de férias "elf monstro", e para continuar a partilhar a sua história.Festa de aniversário de Louis foi muito comentada. Muitos e muitos dos cães e seus tutores humanos comparecem para celebrar a sua vida, e seu triunfo sobre o trauma sofrido. E ele simplesmente adorava ser a estrela do show. "Louis tem tudo a ver com ser o centro das atenções", disse Hartley. " Tudo era sobre Louis e, ainda hoje, tudo é sobre Louis.” Para Louis Vuitton, cada dia é uma celebração da vida. Pode-se dizer que o pit bull resgatado passou dias em um inferno, mas hoje ele tem nada menos que o amor de sua família e amigos.

  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Pit bull que foi queimado vivo se torna símbolo da luta contra a crueldade e a discriminação, isso prova que o amor conquista tudo Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação