Últimas
segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Trabalhadores de Sobral ganham, na Justiça, direito ao vale-transporte

Lei que regulamenta o benefício completa este mês 30 anos; mesmo assim, pagamento ainda é exceção no município

A Prefeitura de Sobral tem até o próximo dia 29 para regulamentar o sistema de vale-transporte do município e oferecer meios para que empregadores concedam o benefício. 
Se descumprir o prazo, a administração municipal está sujeita ao pagamento de multa de mil reais por dia de atraso. A determinação é resultado de uma ação civil pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT-CE) e põe fim a uma batalha judicial de seis anos. 

O processo foi a julgamento na 24ª Vara do Trabalho de Sobral, que garantiu aos trabalhadores o direito a vale-transporte para o deslocamento de casa para o trabalho e vice-versa. Para o autor da ação, o procurador do Trabalho Ricardo Cozer, o desrespeito ao direito era um contrassenso. “Sobral é o segundo município mais populoso do interior do Ceará e um dos mais ricos, com intensa atividade comercial e indústrias de grande porte. No entanto, praticamente nenhum empregador sediado no município fornece vales-transportes aos seus empregados”, ressalta.

Embora o direito ao vale-transporte seja previsto em Lei desde 1985, trabalhadores de Sobral atualmente assumem 100% das despesas com deslocamento. O processo foi transitado em julgado, portanto a Prefeitura não tem mais como recorrer.

O QUE DIZ A LEI

A lei que regulamenta o direito do vale-transporte (Lei nº 7.418/85) foi sancionada em dezembro de 1985. O empregador, seja pessoa física ou jurídica, tem obrigação legal de fornecer o benefício aos seus empregados para os deslocamentos residência/trabalho/residência, com utilização do sistema de transporte coletivo, seja urbano, intermunicipal ou interestadual.

A legislação autoriza o desconto de até 6% do salário básico do empregado para essa finalidade. Valores acima desse percentual são de responsabilidade do empregador. O vale-transporte não possui natureza salarial e, portanto, não se incorpora à remuneração dos empregados. Também não é base para incidência de FGTS, contribuições previdenciárias e de imposto de renda.

Assessoria de Comunicação MPT-CE
(85) 99123-0209 / 3462-3462
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Trabalhadores de Sobral ganham, na Justiça, direito ao vale-transporte Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação