Últimas
sábado, 30 de janeiro de 2016

Ministério Público quer ouvir secretaria sobre crianças assistindo aula no chão em Fortaleza

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 6ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, emitiu, nesta sexta-feira (29), ofício à Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME) solicitando que o secretário da pasta, Jaime Cavalcante, informe as justificativas para o fato dos alunos da Escola Municipal Waldemar Barroso, em pelo menos duas salas de aula, terem assistido ao primeiro dia de aula sentados no chão e utilizando cadeiras plásticas como carteiras.

No despacho inicial do ofício, o promotor Luciano Tonet explica que deixar que uma sala lote sem que as crianças tenham onde sentar fere o princípio da proteção integral de crianças e adolescentes. “O fato pode ser considerado, conforme os direitos preconizados no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) como violadores dos direitos fundamentais das crianças e dos adolescentes, quer seja em suas dignidades, quer seja no seu direito a uma educação de qualidade”, destaca.
Foi concedido prazo de 10 dias para que as justificativas sejam encaminhadas à Promotoria.
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Ministério Público quer ouvir secretaria sobre crianças assistindo aula no chão em Fortaleza Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação