Últimas
sábado, 23 de julho de 2016

Membro do Estado Islâmico preso no Ceará é considerado mais perigoso pela PF

A Polícia Federal acionou, na quinta-feira (21), durante a Operação Hashtag, a tropa de elite Comando Operacional Tático (COT), que atuava no Rio de Janeiro, na segurança dos Jogos Olímpicos 2016, para prender os dois mais perigosos membros do Estado Islâmico do Brasil. Um desses alvos morava no Ceará, o outro, no Mato Grosso do Sul.
A PF divulgou a relação completa das 13 pessoas que foram alvo na operação, porém não detalhou em qual estado cada um foi preso. Na relação, aparecem o nome de treze pessoas, todas envolvidas na Operação Hashtag. Um 14º alvo teve a identidade preservada por ser menor. A ação prendeu 10 pessoas.
Alisson Luan de Oliveira
Antonio Andrade dos Santos Júnior
Daniel Freitas Baltazar
Hortêncio Yoshitake
Israel Pedra Mesquita
Leandro França de Oliveira
Leonid El Kadre de Melo
Levi Ribeiro Fernandes de Jesus
Marco Mario Duarte
Mohamad Mounir Zakaria
Oziris Moris Lundi dos Santos Azevedo
Valdir Pereira da Rocha
Vitor Barbosa Magalhães
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Membro do Estado Islâmico preso no Ceará é considerado mais perigoso pela PF Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação