Últimas
quarta-feira, 27 de julho de 2016

Policias Militar e Civil já prenderam 18 suspeitos de ataques no Ceará

A Polícia Militar do Estado do Ceará desarticulou em Pacajus  um grupo suspeito de planejar ataques contra o Estado no mês de julho. As capturas ocorreram nesta segunda-feira (25). Foram dois presos e outros dois mortos em confronto com os policiais. Com a nova ação, já são 18 pessoas fora de circulação por envolvimento nos ataques ocorridos desde o último dia 14 pelas forças da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio da suas vinculadas Polícias Civil e Militar. Desde os ataques ocorridos no ano passado até essa terça-feira (26), já somam 52 envolvidos capturados.
A ação em Pacajus teve início quando a Polícia recebeu informações de que vários indivíduos armados estavam em uma residência no bairro Buriti – o grupo tinha o objetivo de cometer crimes na região. Quando as viaturas chegaram ao endereço informado, os criminosos reagiram e efetuaram vários disparos contra os policiais. Após o confronto, dois suspeitos foram detidos, dois foram baleados e um conseguiu se evadir do local.
Foram presos Francisco Romildo Andrade, de 34 anos, conhecido pelo apelido de “Macumbeiro”, que já responde por roubo a veículo; e Maria Izabele Marques de Alencar, de 20 anos, sem antecedentes criminais. Durante o confronto, dois infratores foram baleados e chegaram a ser socorridos, mas vieram a óbito. Nil Hercules Alves de Sousa, de 19 anos, já respondia por roubo, porte e posse ilegal de arma de fogo; e Lucas Alves da Silva, de 18 anos, respondia por porte ilegal de arma de fogo.
No local também foram apreendidos dois revólveres calibre 38 – com oito cápsulas deflagradas – e uma moto com registro de roubo. Os detidos foram conduzidos para a Delegacia Municipal de Pacajus, onde foram autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídios contra os policiais, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, receptação e resistência.
Ligação com detenção no Eusébio
O suspeito Nil Hercules Alves de Sousa, morto em confronto, era foragido da Cadeia Pública de Pacajus, e suspeito de planejar atentado contra uma viatura policial do município do Eusébio.
No último dia 20, a Polícia Militar capturou outros dois comparsas de Nil. Na ocasião foram presos Francisco Cláudio Pontes de Oliveira, 31, e Antônio Jafson Nascimento Nobre, 29. A dupla foi capturada após uma perseguição policial realizada na BR-116, na cidade de Eusébio. Os dois homens estavam em um veículo e tentaram fugir ao perceberem a viatura. No celular de um deles, os policiais descobriram que o objetivo era atacar uma viatura policial da cidade.
A ação teve início durante um patrulhamento na localidade de Aldeia Parque, no município de Pacajus, quando a composição da PM avistou Nil em atitude suspeita e parou para abordá-lo. Ao perceber a chegada da viatura, o criminoso correu para uma residência e conseguiu fugir pelos fundos do local. Dentro da casa, a Polícia apreendeu drogas – 257 gramas de maconha, 27 gramas de cocaína – e um aparelho celular, que auxiliou a localizar os outros dois criminosos.
Com SSPDS
  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: Policias Militar e Civil já prenderam 18 suspeitos de ataques no Ceará Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação