Últimas
sábado, 23 de julho de 2016

XII Festival Música na Ibiapaba começa neste sábado com programação em Viçosa do Ceará

Grandes encontros musicais, nos palcos, praças e salas de aula vão marcar o XII Festival Música na Ibiapaba, realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), de 23 a 30 de julho, com programação formativa e artística em Viçosa do Ceará, em outras oito cidades da região da Ibiapaba e em Sobral, contemplando a diversidade musical e o intercâmbio entre artistas cearenses. Estimulando a música em todos os sentidos e atraindo participantes e público de todas as idades, o festival chega à 12ª edição com o objetivo de provocar professores, alunos e o público a criar livremente e se expressar com os sons.

Além dos participantes das oficinas, o público em geral está convidado para curtir uma programação especial de shows, com grandes nomes da música do Ceará e do Brasil, em apresentações que dialogam com as ações de formação promovidas no evento, propondo novas formas de pensar, fazer e viver a música. Toda a programação tem entrada franca.

Final de semana de abertura em Viçosa do Ceará

Nos dois primeiros dias (23 e 24) e nos três últimos (28 a 30) as atividades formativas e artísticas acontecerão em Viçosa do Ceará. De 25 a 27 a programação será realizada nas outras cidades, com oficinas simultâneas nos nove municípios e shows em duas a três cidades por noite.

No dia 23, a programação em Viçosa do Ceará acontecerá no Patamar da Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção, com abertura oficial às 20 horas. Em seguida, a banda Dona Zefinha apresenta o show "Invocado que só", projeto cenomusical montado a partir da noção de conectivos cruzados abordada no livro-cd “Invocado – um jeito brasileiro de ser musical”, do jornalista Flávio Paiva – Armazém da Cultura/2014 e produção musical de André Magalhães. O grupo combina as linguagens da música, do teatro, do humor e da literatura, com um repertório a um só tempo divertido e reflexivo, aproximando o som do batuque a música de câmara, passando pelas contribuições do maestro Alberto Nepomuceno numa combinação de elementos multiétnicos. No Festival Música na Ibiapaba o grupo fará uma homenagem a Alfredo Miranda tocador de pife da cidade de Viçosa convidando Inês Mapurunga sua filha para cantar canções de autoria de seu pai.

Na tarde de domingo, 24, acontece um Encontro com Regentes de Bandas às 14h na Escola Modelo. No mesmo local, às 15h30, será realizado o Encontro com representantes dos Pontos de Cultura. A programação artística será no fim de tarde, a partir das 16h, com a riqueza dos metais evidenciada na apresentação das bandas de música dos municípios da região, na Praça da Matriz.

Artistas da região levam "Nosso Som" às outras cidades

A região da Ibiapaba é celeiro de grandes artistas. Para promover um rico intercâmbio entre os grupos da Serra Grandee de Sobral, o festival apresenta a programação "Nosso Som". São eles: Rapper MH (Tianguá), Saxteto de Sopros e Percussão (Croatá), Glaydson Frota (Sobral), Trovador Eletrônico (Sobral), Jofran Fontenelle (Meruoca), show "Amigos do Choro" (São Benedito) e Grupo Choro Feliz (Ipu). A programação completa pode ser conferida no site do Festival: www.festivalmusicaibiapaba.com

Grandes nomes: criatividade e experimentação

Na fase final do festival, grandes artistas voltam a se apresentar em Viçosa do Ceará. Na quinta-feira, dia 28, às 19h30, na Igreja Matriz, vão ecoar os sons do Grupo Uirapuru, orquestra de barro criada pelo artista plástico e luthier Tércio Araripe, com instrumentos de corda, sopro e percussão, todos feitos de barro. O grupo apresenta composições autorais sob a regência do multiinstrumentista e compositor Luizinho Duarte. Às 21h começa a programação na Praça General Tibúrcio com o rapper Erivan Produtos do Morro apresentando o novo show, “Bendito Som das Quebradas”, e sua mistura das batidas do rap com vertentes do rock, do ragga, da MPB, do morro com o asfalto, sem perder de vista as influências regionais do repente e da embolada e de toda gente que figura sua memória afetiva. Na sequência, o público vai conferir e a riqueza sonora provocada pelo violinista Ricardo Herz e Samuca do Acordeon (SP/RS), em um criativo diálogo musical passando por ritmos como choro, frevo, tango e chamamé.

A inventividade também vai marcar a noite da sexta-feira, 29, dedicada aos instrumentais da Orquestra Transversal, formada por alunos do Bacharelado em flauta transversal e de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Ceará (UECE), sob a direção do professor Heriberto Porto, interpretando composições e arranjos de autores cearenses que vão do erudito ao experimental, passando pelo regional; Trio Herluno, o mais novo trabalho do baixista Hermano Bezerra, do baterista Luizinho Duarte e do acordeonista Nonato Lima, interpretando composições próprias e de autores nacionais e internacionais em ritmos como bossa nova, baião, samba, frevo, tango, tudo sem largar mão da improvisação jazzístico. E para fechar a noite, a tradicional Roda de Som dos professores e alunos do festival, um dos momentos mais aguardados do evento, pela liberdade das performances e pela interação entre jovens e mestres.

Com a Apresentação de Encerramento das Oficinas o Festival conclui sua 12ª edição no domingo, 30, na Praça General Tibúrcio, a partir das 18 horas. Em seguida, o palco é do BeBossa, sexteto vocal do Rio de Janeiro que traz as influências de grandes grupos como Boca Livre, MPB4, Quarteto Em Cy, Take6. A pesquisa musical que vem sendo feita desde 2000 pelo BeBossa é a sequência de uma importante tradição no Ceará e no Brasil, da música vocal, em grupos ou corais, apresentada pelo grupo carioca em uma fusão da rítmica brasileira com a harmonia do jazz. Entre os integrantes do BeBossa está o arranjador Zeca Rodrigues, que já participou como professor do Festival Música na Ibiapaba nas edições de 200a a 2007 e em 2014.

Encerrando a programação de forma festiva, com um show de muita intensidade e com arranjos diferenciados, a cantora Lorena Nunes, uma das maiores vozes do novo cenário da música no Ceará, faz sua Homenagem à Tropicália, projeto lançado em fevereiro deste ano no Festival Jazz & Blues, e mostra canções do aplaudido disco "Ouvi Dizer que Lá Faz Sol".


SERVIÇO
XII Festival Música na Ibiapaba - De 23 a 30 de julho de 2016 em Viçosa do Ceará. Inscrições até o dia 11 de julho pelo site www.festivalmusicaibiapaba.com. Informações: (85)?3021-2111 e festivalibiapaba2016@gmail.com/ f: Festival Música na Ibiapaba / Instagram: @festivalibiapaba

  • Comentar com o Google +
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão publicados após aprovação. Comentários com ameaças, ofensas pessoais, pornografia infantil, conteúdos preconceituosos ou qualquer outro que viole a legislação em vigor no país serão excluídos.
Todo e qualquer texto publicado por meio do sistema de comentários não reflete a opinião do Forquilha Portal de Notícias ou de seus autores.

Item Reviewed: XII Festival Música na Ibiapaba começa neste sábado com programação em Viçosa do Ceará Rating: 5 Reviewed By: Sistema F5 Ceará de Comunicação